Muito obrigado por tudo, ateus imbecis!

Eu até pensei em escrever sobre o câncer do Lula, mas esse assunto acabou me chamando mais a atenção.

 

[PAUSA PARA VOCÊS SE ESTRANHAREM COM O TÍTULO]

 

Recentemente passei por uma situação que me fez pensar melhor sobre certas coisas. Foi o seguinte: o twitter @ateus_atentos deu RT em uma pessoa reclamando de uma pizzaria que colocava mensagem religiosa na caixa de pizza e comentei sobre uma padaria aqui perto que coloca o Pai Nosso no saco de pão. E olhem só o que aconteceu:

Se esse twitter realmente for do Daniel Sottomaior, devo dizer que fiquei muito decepcionado. Admiro bastante seu trabalho com a ATEA em divulgar que ateus são como qualquer outra pessoa e merecem o mesmo respeito, e fazendo isso de forma respeitosa e educada, tendo até o reconhecimento de não-ateus. Que é exatamente o contrário do que foi feito aqui.

Em primeiro lugar, me diga: onde fui tão oprimido e humilhado com esse saco de pão? O espaço é particular, o dono tem o direito de fazer isso. Fiz uma breve pesquisa com amigos teístas e frequentadores de igreja e nenhum deles se recusaria a frequentar uma padaria onde viesse escrito no saco de pão “Allah akbar”, “Odin é grande” ou “Louvado seja o Monstro de Espaguete Voador”. Por que eu deveria me sentir incomodado com isso? Não foi algo ofensivo, como “aqui só entra quem tem Deus no coração”. Isso sim seria digno de um boicote.

E mais: acha que eu sou um molenga que faz nada para melhorar a situação dos ateus? Então vai lá comprar pão pra mim na puta que o pariu!

 

Esse é exatamente o tipo de desserviço que nós NÃO precisamos. Quanto mais babacas desse tipo aparecerem, mais contribuem para a manutenção do estereótipo do ateu ranzinza que odeia os religiosos e ninguém quer por perto. É disso mesmo que precisamos. VALEU!!!

Marcado:, , , , , , ,

17 pensamentos sobre “Muito obrigado por tudo, ateus imbecis!

  1. marcos01000 novembro 2, 2011 às 18:27 Reply

    Triste é que assim como os Religiosos tenque provar que nem todo mundo que acredita em Deus tem vontade de colocar um ateu na fogueira os ateus tenque provar que nem todo ateu é um IDIOTA nervosinho com ódio de tudo que lembre Deus… Mas fazer oque,a ação de um indivíduo não reflete a ação de um grupo que ele pertence, existem muitos ateus retardados assim como existem teístas com que se vale a pena conversar.

  2. Tony Vianna novembro 2, 2011 às 18:57 Reply

    O que uma pessoa acredita ou não é de dispensavel intervenção no que essa pessoa vai comer, ou se ela compra pão em uma padaria perto ou longe de sua casa. Num país onde se lutou tanto para conseguir liberdade de expressão, proibir alguem de expressar sua religião num saco de pão (um objeto que claramente irá para o lixo depois do uso) é uma coisa uma perda de tempo e de energia!
    E ninguém deve julgar um livro pela capa, nem uma pessoa pela religião e muito menos um pão pelo que está escrito no saco! Afinal, o pão não tem religião, e comê-lo não obriga você a nada

    • Tomás Machado novembro 2, 2011 às 18:59 Reply

      “proibir alguem de expressar sua religião num saco de pão (um objeto que claramente irá para o lixo depois do uso) é uma coisa uma perda de tempo e de energia!”

      Cara, Prêmio William Ockham pra você! É tão simples, como as pessoas conseguem complicar tanto?

  3. iuskey novembro 2, 2011 às 19:10 Reply

    hauhauhauhaua que cara babaca véiiiiii. Avisa ele pra nao comer mais nada transportado por caminhoes que tem “deus seja louvado” na carroceria…ah, e nem andar mais de onibus xD

    • Tomás Machado novembro 2, 2011 às 19:11 Reply

      Bem dessas! Quero ver ele pegando ônibus. Se for todo machão assim, deve ficar brigando com todo motorista e cobrador porque colocou o adesivo “nas mãos de Deus” no painel. Na certa ele é ryco e não passa por essas.

      • jonatan7br novembro 2, 2011 às 19:25

        Se ele é mesmo rico, deve ser em dinheiro estrangeiro, já que cada cédula de real tem a frase “Deus seja louvado” impressa.

  4. Tomás Machado novembro 2, 2011 às 19:29 Reply

    E essa do dinheiro eu sou completamente contra. O dinheiro é PÚBLICO e o Estado é laico, colocar uma coisa dessa é uma afronta. O Estado deveria representar a todos, e nem todos acreditam em algum deus. Isso já é algo pelo qual vale a pena lutar…

    • Tony Vianna novembro 2, 2011 às 21:39 Reply

      Na verdade, o único Deus que parece ser louvado pelo governo é o que está do dinheiro. Wait…

    • marcos01000 novembro 3, 2011 às 14:45 Reply

      Na verdade a maioria das cédulas de vários países tem Deus seja louvado nelas, no Dolar por exemplo tem “In God We Trust”.
      Sobre o Brasil ser um país Laico, maiór mentira! Um país aonde a religião ainda interfere na criação das Leis NUNCA poderá se considerar um país laico!

      • Tomás Machado novembro 3, 2011 às 16:59

        A laicidade do Estado brasileiro pode ser de facto mentira, mas sempre devemos lutar por isso!

      • marcos01000 novembro 4, 2011 às 13:46

        Claro, não disse que não deveriamos lutar, muito pelo contrário! É pelo fato de ser mentira que devemos lutar por isso!

  5. Fabricio Martines Alves novembro 2, 2011 às 20:24 Reply

    Tempestade em copo d’água das duas partes. Sem mais.

  6. feliperec novembro 2, 2011 às 21:16 Reply

    Nah, estou desacreditando no movimento ateísta do Brasil, aheuohaeu, quer dizer, eu não vejo sentido em discriminar, uma vez que Estado laico não é Estado ateu, a padaria é privada ela pode escrever (como disse o tomás, “louvado seja o senho Lúcifer detentor de todo o poder maligno”), o que a gente não quer é ser discriminado na questão pública (como nas cédulas de real) e isso engloba espíritas, religiões afro-descendentes, etc.

    Resumindo: puta duma varzia do inferno

    • Tomás Machado novembro 2, 2011 às 21:17 Reply

      “puta duma varzia do inferno”

      Atheists in a nutshell.

  7. Stíphanie novembro 4, 2011 às 04:44 Reply

    Hey, parem de usar o Real. Nele está escrito ‘Deus seja louvado’ e vocês ateus passam ele adiante. Tem que ver issaê produção!

    • Tomás Machado novembro 4, 2011 às 17:01 Reply

      Há quem fale em riscar essa parte das notas. Melhor que escrever corrente, há de se convir…

  8. […] e achei bastante interessante. Explora de forma mais genérica um ponto que eu tinha comentado neste outro post aqui há alguns meses atrás: a forma como a agressividade da militância ateísta prejudica a própria […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: